Escrever: til de nasalidade

O tema das vogais nasais não é novo para nós, já temos falado nisto com anterioridade, mas neste artigo só nos vamos centrar no aspeto informático, coisas técnicas que possam atrapalhar.
Como podemos discar no teclado estas palavras? anã, irmã, corações…Como se escreve o til de nasalidade num computador?

Muitas vezes, não é por desconhecimento linguístico mas por falta de alguns truques informáticos que as pessoas não escrevem o til. Aliás, cada sistema operativo pede uns comandos diferentes para o escrever.
Vamos lá ver, tintim por tintim, como é que podemos fazer para apurar os nossos textos:

• No sistema Windows, para colocar o til de nasalidade (~) devemos discar: Ctrl Alt 4. Depois deveremos escrever a vogal, isto é, escolher se queremos nasalar “a” ou “o”: irmãos, limões. Este é um atalho de escrita, mas também podem optar (se usarem habitualmente a escrita em português) por aderir ao sistema de distribuição do teclado correspondente a este idioma (pode-se usar ora a variante portuguesa ora a brasileira), o que nos permite, premendo apenas simultaneamente um par de teclas, trocar os teclados espanhol/português. O til de nasalidade vai aparecer
sempre que premermos a tecla do Ç e, a continuação, a vogal que quisermos nasalar.
A rota é: Panel de control > Opciones regionales, de idioma, y de fecha y hora > configuración regional y de idioma > idiomas > detalles > servicios instalados > agregar > idioma de dispositivo de entrada > português (Portugal)
Pode parecer chato mas, uma vez realizado isto, o único que fica por fazer é em idioma de dispositivo de entrada > configuración de teclas, escolher a combinação de teclas entre as opções que o sistema dá.

• No sistema operativo Mac (Apple) temos este atalho: Alt Ñ

• Para completar a informação podemos dizer que em Ubuntu e similares o til de nasalidade é AltGr ¡

Vogais nasais: essas letras com topete

Dentro da fonética do português, temos que diferenciar entre vogais nasais e orais. Hoje vamos falar das primeiras.
As vogais nasais diferenciam-se das orais em que o ar sai pelo nariz. Se quiserem pronunciar bem uma vogal nasal, têm de fazer uma pequena prova em casa. Prontos e prontas? Coloquem um dedo horizontalmente no lábio superior. Digam “mão”. Ao pronunciarmos esta palavra, o ar deve sair pelo nariz e acariciar o nosso dedo.

Na escrita as vogais nasais são representadas de duas formas distintas:
-pelo uso de vogais com o til (~), (isto é, essas letras “penteadas com topete”: ã, õ): irmã, cãibra, mãe, mão, compõe, anões.
-ou por vogais seguidas de N ou M (estas vogais “carecas”): ambos, ensino, interno, ontem, anúncio.

Este traço nasal diferencia palavras. Por exemplo: não é a mesma coisa uma “diva” e um “divã”, “paga” e “pagã”…
O cantor brasileiro Lenine dá mostra na música “Meu amanhã”, vídeo que podem ver agora:

Se quiserem podem acompanhar a letra em:

http://letras.terra.com.br/lenine/83606/