Não é degradê, é o brilho da Pongo

Este sábado é a grande final do Festival da Canção. Como confessei na publicação anterior eu torço pela dupla formada pelo Tristany e a Pongo.

Ok, talvez ainda estejas a te recuperar da surpresa de saberes que a Pongo é a menina e o Tristany é o rapaz. Acontece. Um dia falaremos também do Mia Couto e de muitas pessoas surpreendidas.

Pongo & Tristany não têm (ainda) muita popularidade na Galiza, mas hoje vais descobrir que já conhecias a Pongo. Só que tu não sabias disso. Escrevi esta thread na minha conta pessoal de Twitter onde comento alguns dados biográficos sobre a cantora e explico alguma referência angolana de uma das suas letras.

A Pongo não é degradê, ela toda tem intensidade e brilho.

Este pode ser o meu post do 8M onde sempre falo de mulheres que me inspiram? Pode. Sei que chega atrasado, mas chega.

Tenho muitos desejos em volta do conteúdo deste post:

  • que a Pongo chegue aos palcos de Turim
  • que faça uma digressão de concertos pela Galiza
  • que o kuduro seja um estilo musical mais conhecido nestas terras

Vejam o Festival da Canção amanhã na G2. Não se esqueçam da Lusofesta!

Lusofesta na TVG

Marquem nas vossas agendas: hoje temos #Lusofesta no canal de Twitch da TVG. Chegou um momento histórico, a TVG e a RTP de mãos dadas a retransmitirem o Festival da Canção 2022. A boa sintonia de galegos e portugueses aquando o Benidorm Fest deu os seus frutos e agora temos esta oportunidade que tanto pedíamos. Oxalá tenhamos num futuro ainda mais colaborações para a Paz Andrade ser uma realidade.

Esta noite temos só o começo, a primeira meia-final às 21h445. No dia 7 temos a outra meia-final e no dia 12 a maior gala de sempre, onde poderemos saber quem é que vai representar Portugal em Turim no Festival de Eurovisão. Este último evento poderemos segui-lo também no canal G2. Acompanharão estas galas Esther Estévez e Rodrigo Paganelli, caras conhecidas do DígochoEu e ApuntamentoLusófono, e também Manu Mahía e Ricardo Saavedra, dois jornalistas fãs de Eurovisão e especialistas portanto neste tema.

Nesta primeira fase vão concorrer:

  • Maro – Saudade, saudade (Maro)
  • Norton – Hope (Norton)
  • The Mister Driver – CaliSun (The Mister Driver)
  • Os Quatro E Meia – Amanhã (Tiago Nogueira)
  • Valas & Os Astronautas – Odisseia (Valas)
  • Aurea – Why? (Aurea)
  • Fado Bicha – Povo pequenino (Fado Bicha)
  • FF – Bom esperar alguém (FF)
  • Diana Castro – Ginger Ale (Joana Espadinha)
  • Kumpanhia Algazarra – A minha praia (Kumpanhia Algazarra)

O Lusopatia vai torcer por: Saudade, Saudade; Povo Pequenino e Amanhã. Estamos a ver que entre estas linhas há velhos conhecidos deste blogue, seja por terem vindo à Galiza em digressões ou por terem participado no Aritmar nas suas diversas edições.

Fado Bicha ainda não veio à Galiza, mas fizeram a música para a campanha da Joacine Katar Moreira (Livre).

Na segunda fase teremos:

  • Jonas – Pontas soltas (Fábia Rebordão)
  • Inês Homem de Melo – Fome de viagem (Pedro Marques)
  • Pepperoni Passion – Código 30 (Pepperoni Passion)
  • Vampiro Submarino – Ao lado de mim (PZ)
  • Os Azeitonas – Solta a voz e canta (Os Azeitonas)
  • Syro – Ainda nos temos (Syro)
  • Milhanas – Corpo de mulher (Agir)
  • Blacci – Mar no fim (Blacci)
  • Cubita – Uma mensagem tua (Cubita)
  • Pongo & Tristany – Dégrá.dê (DJ Marfox)

Neste evento temos os que, a meu ver, devem ser os ganhadores e representantes de Portugal: Pongo & Tristany. Uma canção que para mim representa o Portugal atual.

Há uma playlist do Spotify onde podem acompanhar todas as músicas. Vou deixá-la cá.