São João

Chega a minha noite mais esperada!

Fagulhas, pontas de agulhas
Brilham estrelas de São João…

Preparei uma aromática nuvem de tags com forma de fogueira com algum vocabulário sobre a festa. Podem ver as palavras e dizer se acham que falta alguma coisa.

De onde nos leem? como é que se festeja esta noite nos vossos países? Na Galiza é imprescindível saberem estas palavras.

sao joao 2

Querem aprender mais sobre ervas de cheiro? Vejam o vídeo de Mão Verde (Capicua & Pedro Geraldes). É tão lindo!

Fogo, Incêndio e Lume

É duro ter um blogue desde 2011 e ter um rascunho aí na gaveta. É pertinente? É oportuno? Interessa? Mais duro ainda é que todos os anos haja motivo para publicar este artigo.

Deixando de parte o tema das causas e responsáveis, vamos ao estritamente linguístico, porque acho que nem merecemos uma terra queimada nem uma língua queimada.

Três conceitos então, gente!:

  • Fogo: é a manifestação da combustão, seja ela por causas naturais ou humanas. Usamos esta expressão normalmente no singular. Quando usada no plural, tem a ver com fogos de artifício: foste ver os fogos do 25 de julho?
    • Em Portugal, no singular, é também uma interjeição de surpresa ou indignação: 3 euros por um café? fogo!
    • Outra dica mais para quem quiser aprender fonética do português: é também dessas palavras como olho/olhos. Com O fechado no singular e O aberto no plural.
    • Palavras da família: fogueira, fogão, foguete…
    • Verbos para fogo: atear, lançar, cessar, ativar, avivar…
  • Incêndio: é um fogo fora do nosso controlo, um fogo que devora. Uma catástrofe natural em muitos dos casos. É um substantivo contável, isto é: podemos dizer Um incêndio, Dois incêndios, Três…por isso tem também plural. Esta contagem conhecemo-la bem de um e outro lado do Minho.
  • Lume: é um fogo doméstico, controlado, para uma utilidade. O lume da lareira, por exemplo, que dá calorinho e luz.
    • Umas expressões:
      • dar a lume, que significa “publicar”. Terá a ver com dar à luz no sentido de parir? claro que tem!
      • lume brando: cozinhar os alimentos pouco a pouco, com um calor de baixa intensidade.
    • Palavras da família: luminária, vaga-lume, iluminar…
    • Verbos para lume: acender, apagar…
    • Provérbios: Não há fogo sem lume. Se as duas palavras aparecem num ditado popular, será então que não são sinónimas totais, não acham? O ditado fala de algo que começa governado e termina por se desgovernar…

Em definitivo, eu gosto de lumes nas lareiras, quero sim que haja lumes. Não gosto é dos incêndios nem de queimar os registos da língua com cada fogo.