Fado Violado

índiceAlguém, pela primeira vez, misturou um dia presunto e melão. Com certeza nos primeiros momentos deveu de parecer uma mixórdia bem estranha, haveria quem levasse as mãos à cabeça, mas hoje podemos dizer que aquela pessoa foi uma visionária. Como dizia Pessoa, “primeiro estranha-se e depois entranha-se”.

Fado Violado também anda no caminho do estranhamento e entranhamento. Esta dupla do Porto faz fusão de músicas ibéricas. Eles, qual filme de Carlos Saura,  uniram o fado e o flamenco. Podemos ir a um concerto e ouvir bulerias e guitarra portuguesa e aquilo…condiz.

Quem puder ver nisto uma agressão ao fado, que fique descansado. Para assegurar a presença da canção portuguesa  mais internacional temos a cantora Ana Pinhal, uma das fadistas novas mais reconhecidas.

Dia 19 (este domingo!!), às 23h, na Praça do Toural