Português no verão da EOI de Compostela

maxresdefaultO verão é mesmo longo e podemos chegar a pensar que não o aproveitámos bem. Chega agosto e parece que passámos os meses na pasmaceira sem fazer nada de útil. Ai…que sensação feia!

A Associação de Antigos Alunos da EOI de Compostela organiza um ano mais os seus cursos de verão. O antídoto contra o tédio estival.

Este julho serão ofertadas as mesmas línguas que se podem estudar na EOI durante o ano com uma nova incorporação: um curso de chinês inicial. Eu estudei lá japonês e foi uma experiência muito marcante, adorei.

E com português? o que é que se passa? estamos com sorte, neste verão, pela primeira vez, há dois níveis: inicial e intermédio. Inicial é para quem nunca tenha estudado antes português e intermédio é para aquelas pessoas que já tenham um contacto, umas noções…

Com uma abordagem comunicativa e inovadora e dois professores que já têm trabalhado juntos em projetos de inovação educativa e criação de materiais didáticos, os cursos têm como objetivo fornecer as ferramentas linguísticas necessárias para iniciar o caminho no estudo da língua portuguesa ou aperfeiçoar os conhecimentos já adquiridos.

Se está à espera de um curso tipo fill the gaps…este não é o seu. Ora bem, quer aprender, conversar, saber das culturas lusófonas? Então, confira nesta ligação para saber que documentação precisa para formalizar a inscrição.

 

Curso de estratégias comunicativas em português

10570313_653194598119923_5569152224349560579_nÉ guia turístico e está farto de falar portunhol? Não está certo/a de comunicar o que realmente quer dizer? Este curso é para si.

O próximo dia 11 a Ciranda organiza um curso virado para este setor. Porque receber visitas não é assim tão simples e os guias também devem dar uma imagem de qualidade e não a ideia de…”enfim, vamos desenrascar e falar mais ou menos galego”.

Em cada visita damos também uma imagem de nós mesmos e é importante darmos o nosso melhor.

O curso fornece das ferramentas básicas comunicativas para recebermos turistas e explicarmos a Galiza mais monumental sem passar muitos apertos.

Alinham, então?

Regresso às aulas na Gentalha do Pichel!

O verão acaba, mas…sem lamúrias! peguem na mochila e na lancheira: vamos lá começar!
A Gentalha do Pichel, depois da Universidade Popular de Verão, não descansa e como cada outubro oferece novas possibilidades de aprender coisas atraentes: esgrima, pilates, coro, estêncil…
Mas vocês sabem que se criamos um artigo com este tópico, é porque uma cena lusópata está por perto. Com efeito, há uma nova edição do curso de Capoeira Angola, do de Percussão Brasileira e Latina e do curso de Língua Portuguesa. Do primeiro dos cursos, já falámos noutra ocasião; do último é que vamos falar agora.
É com felicidade que anunciamos sempre novas situações de aprendizagem/apuramento da nossa língua. Mas este curso é muito especial, porque deu origem a este blogue há quase um ano. Parte do meu trabalho e experiência docente estão aqui.
Esta chance é muito económica e engraçada. Por menos de 20 euros ao mês podem ir um dia à semana, conhecer pessoas e aprender.

 

    • Quais os motivos de aprender português na Galiza?

-partimos de uma vantagem, com pouco esforço podemos chegar muito longe em pouco tempo.
-numa sociedade cada vez mais competitiva, ter domínio de uma língua estrangeira é cada vez mais importante. De facto, é requerido um nível B1 nos graus universitários.
-o português é a língua mais falada no hemisfério Sul e é língua oficial em oito países. O Brasil, nova potência mundial emergente, é um deles.

      • Quando?

Terças de 20h a 21h30.
O curso calha com o calendário escolar e inicia-se em outubro.

Inscrição do 18 ao 29 de setembro: gentalhadopichel@gmail.com, no C.S O Pichel (Sta Clara 21 de 18h a 23h) ou no 610669199 de 15h a 18h

      • Onde?

Na biblioteca da Gentalha do Pichel.

Mais informações no site.

Falarmos

Por vezes não temos muito tempo ou recursos para aprender coisas novas. Ao começar o ano, fazemos muitos bons propósitos: deixar de fumar, ir ao ginásio, aprender a tocar piano, aprender novas línguas… Se ainda não riscou nada desta lista, hoje damos uma chance para o fazer.

A AGAL é um mágico que tem na cartola muitas surpresas boas. Fazer coisas com poucos recursos é magia e esta associação é ciente disso. Recentemente criou a plataforma Falarmos.com, uma iniciativa que visa fortalecer o conhecimento por parte dos galegos e as galegas da língua internacionalmente conhecida como português, e nomeada comummente na Galiza simplesmente galego.
Dentro desta plataforma podem encontrar duas disciplinas disponíveis. A aprendizagem é on-line e inclui práticas escritas e dinâmicas de grupo:
Escrever com NH: para quem quiser dominar a expressão escrita da nossa língua na norma AGAL e portanto participar de uma visão internacional do galego.
-e Falarmos Brasil: este curso on-line vem a facilitar o percurso que a aluna, o aluno galego tem de percorrer para, partindo dos falares galegos, aterrar no formato brasileiro de língua. Para além do código linguístico, o curso fornecerá aspetos culturais que nos ajudem a entender melhor o Brasil e a sua cidadania.

Ambos os cursos têm preços populares e um número de vagas limitado. Não adie mais e comece a riscar objetivos!