O artigo

aLeio cada dia composições de alunos e alunas, mensagens de pessoas no Facebook…e sempre me debruço com o mesmo: pequenos erros com o artigo em português que poderiam ser evitáveis.

Andei a analisar e corrigir textos durante anos (eu nasci para isso) e cheguei à conclusão de que o artigo é um grande saco de pancada para muitas pessoas. Vou fazer uma coleção de post que tratem este tema em profundidade. Hoje começamos pelo princípio, coisas muito básicas, mas coisas necessárias que podem deixar um texto muito mais limpo.

Artigo definido

Artigo indefinido

o, os

a, as

um, uns

uma, umas

Vejam aqui as formas. Não existe o artigo *UMS

Os grandes erros na forma que eu vejo, vêm com as contrações e a acentuação. Vou colocar outra tabela e assim dá para ver:

Artigos e contrações

DE

do, da, dos, das / de um, de uns, de uma, de umas

(Também existe a possibilidade de contrair: dum, duma…)

A

ao, à, aos, às

POR

pelo, pela, pelos, pelas

EM

no, na, nos, nas / num, nuns, numa, numas

(No Brasil também existe a possibilidade de não contrair na escrita: em um, em uma…)

COM

Não contrai na escrita, na fala sim.

De acordo com isto, não existe a forma Ó, nem Á. Notem bem, porque Ó em português é uma interjeição: Ó Maria, anda cá!

oTambém devemos evitar formas como *co, coas, cas, cuma…Uma coisa é a escrita e outra é a fala, são dois sistemas diferentes. Por exemplo, escrevemos “coroa”, mas dizemos “croa”, nisto é igual. Ninguém escreve como fala nem fala como escreve.

O acento da contração ÀS, À vai neste sentido (`) porque é um acento grave. O acento grave apenas vai sobre A quando esta letra faz parte de uma contração: à, às, àquele, àquela, àquilo, àqueles, àquelas. Por exemplo: vou à padaria; vou àquele café todos os dias.

Escrever: há, ah, à, a

Note-se que isto serve como memorando e não para apontar com o dedo a alguém…qual nada!, não é para ficarmos corados, mas um dos erros que mais frequentemente encontro nos escritos é este.
Com efeito, estas quatro palavras parecem-se e isso pode fazer com que apareçam dúvidas.

*HÁ
É a terceira pessoa do singular do Presente do Indicativo do verbo Haver. Usamos esta palavra em:
-Na mesa da cozinha há uma maçã (para assinalar que uma coisa existe)
-Há anos que vou a ioga (=desde esse tempo)

*AH
É uma conjunção que exprime surpresa, admiração…
-Ah, não me lembrei de te dizer isso!
-Ah, que cachorro tão lindo!

*A
Pode ser ou uma preposição ou um artigo definido feminino singular.
-A casa da tua avó é grande (artigo)
-Começaram a gritar de medo (preposição)


É a preposição “a” contraída com o artigo definido “a”. O acento que tem é sempre grave e só aparece em sete palavras da língua portuguesa, que agora vai ficar a saber:
-à (a+a): O comboio chegou à cidade.
-às (a+as): O autocarro partiu às 16.00
-àquele (a+aquele): Foram àquele bar tomar uns copos
-àqueles (a+aqueles): Foram fazer montanhismo àqueles montes
-àquela (a+aquela): Nunca fui àquela palestra de economia
-àquelas (a+aquelas): Nunca fomos àquelas montanhas
-àquilo (a+aquilo): Liga sempre àquilo que falámos

Tanto papo de linguista e ainda ficou com dúvidas? veja o vídeo a seguir.

Outras dificuldades ortográficas com o acento diferencial, podem ser estas. Com esta imagem sabemos que acento devemos colocar:

481673_391979890879863_2004494482_n

E agora verifique agora os seus conhecimentos aqui.