Aniversário

Hoje o Lusopatia faz anos. É dia de festa e os nossos circuitos soltam faíscas!

Para festejar vamos deixar uma série de vocabulário útil:

  • aniversário, dia de anos, fazer anos: é o dia em que se completa um ou mais anos sobre a data de um acontecimento, pode ser o nascimento de uma pessoa, de uma entidade…Atenção! a expressão é FAZER ANOS, não é usado o verbo Cumprir para isto.
  • convites, convidar, convidados/as: se organizarmos uma festa, podemos enviar convites ou dá-los aos nossos convidados.
  • prendas, presentes: são as coisas oferecidas. Quando queremos poupar um bocado e dar presentes entre um grupo, podemos fazer o jogo do amigo oculto e manter o nosso anonimato.
  • na mesa pode haver copos, guardanapos, pratos, faca, colher, garfo, toalha de mesa…
  • o prato fundamental de uma festa de aniversário é o bolo, normalmente vai acompanhado de velas. Sopramos as velas e depois cantamos Parabéns pra você. No Brasil a canção é ainda mais interminável…O título da canção tem a ver com aquilo que dizemos às pessoas aniversariantes: Parabéns!
  • a sala pode estar enfeitada com guirlandas, balões, luzes

Temos agora mais um ano. Mas não nos sentimos velhos. Velhos são os trapos!

Colher, Apanhar, Pegar

Por castelhanismo, fazemos um uso hiperabundante do verbo Colher. No espanhol de Espanha o verbo Coger tem um sentido muito amplo, mas no português há usos mais específicos e verbos diferentes para o que no espanhol é um significante apenas.

Quando aprendemos português, muitas vezes fazemos uma tradução literal Coger=Colher e as coisas não são bem assim. Isto costuma criar dificuldades entre os meus alunos e alunas, então decidi dar umas pequenas indicações básicas. Para completarem informações, podem ler também este artigo no Ciberdúvidas.

  • COLHER: é “agarrar arrancando”. Derivado do verbo Colher está o substantivo Colheita, portanto, já podem imaginar que género de coisas é que se colhem: maçãs, peras, pimentos…995791_628321240525948_1687648998_n

Por outras palavras, Colher é para flores, ervas, frutos ou frutas tiradas das suas árvores (ou plantas) uma a uma. Ontem fui ao pomar colher maçãs.

De uma maneira metafórica também podemos ser colhidos por um carro, por um touro, pela morte…Isto é uma letra da Capicua: “Quero uma horta do outro lado da porta e quero a sorte de estar pronta quando a morte me colher”

Contudo, cada vez mais, o verbo Apanhar está a ganhar o espaço do verbo Colher.

  • APANHAR: tem vários usos, mas costuma implicar um movimento.1455044_692131974144874_983920073_n
    • Para agarrar coisas que estão no chão: apanha aí esse lápis que caiu.
    • Também como sinónimo de Capturar ou Atingir: apanhei-te numa mentira, aldrabão!
    • Para meios de transporte: apanhar um táxi.
  • PEGAR: é um verbo que faz impressão nas primeiras aulas, porque é um falso amigo também. Mas não, não podemos confundi-lo com Bater. Nunca pensei em agradecer nada à música Ai, se eu te pego, mas o pessoal ficou a saber um dos significados do verbo graças a ela.

Normalmente, as coisas que pegamos estão ao alcanço da nossa mão. A ação de Pegar não implica movimento. Pega nesse livro.

No português do Brasil este verbo é usado muito e para os meios de transporte também: pegar um táxi.