Danças do Douro e do Minho

12814488_1573048719678926_3092793071834872845_n

A Gentalha do Pichel e a Central Folque organizam muitas vezes jornadas em volta da dança e músicas tradicionais. Desta vez o Lusopatia informa de um Baile Assalto especial dedicado às músicas do Minho e do Douro amanhã às 22h.

Chulada da Ponte Velha chega a Compostela para fazer-nos esquecer a vergonha e mesmo para que qualquer pé de chumbo possa dançar.


<p><a href=”https://vimeo.com/120253646″>Chulada da Ponte Velha – &quot;Ramaldeira da Reguenga&quot;</a> from <a href=”https://vimeo.com/mpagdp”>MPAGDP</a&gt; on <a href=”https://vimeo.com”>Vimeo</a&gt;.</p>

O quinteto de Santo Tirso, nas redondezas do Porto, é um projeto resultado do interesse de vários músicos em retomar as práticas musicais do Douro e do Minho, em especial as chulas dos descantes. O uso das violas tradicionais do Norte de Portugal, da rabeca chuleira e do violão ponteado caracterizam o som desta banda. Junto com eles vem também Coreto, uma associação do Porto que tem como objetivo a promoção de artes e culturas tradicionais, assim como a promoção e divulgação de artes e culturas tradicionais originárias de todo o mundo.

O bilhete custa 5 euros para não sócios/as e 4 para sócios/as. Dançamos?

Ritmos lusófonos na Ciranda

índiceE continuamos com a agenda desta semana, carregada de eventos imperdíveis para qualquer lusopata. Alguém de vocês não quer/pode pagar para ir a um dos concertos propostos no Womex? ainda há solução, amigos e amigas.

No marco do Womex a livraria Ciranda e a Central Folque aproveitam para nos aproximar da cultura musical lusófona. Vejam o programa, que começa hoje e decorrerá até a próxima semana:

– hoje, pelas 20h30: Fred Furtado (de Barbacena, Minas Gerais) trabalha no âmbito da música e o audiovisual mas também é escritor. Vai apresentar o seu livro: A vida em Jazz, Contos para jazzeificar a vida.

– 25 de outubro, sábado 12h30: Celina da Piedade, de quem já falámos, apresentará o seu trabalho a solo.

– 29 de outubro, quarta-feira 20h30: Apresentação e mesa redonda de musica brasileira com outra velha conhecida do Lusopatia,  Lia Marchi e Benjamim Taubkim, um dos mais conceituados pianistas do Brasil. A Lia vai apresentar a sua produtora, Olaria Cultural e trará materias disponíveis à venda: livros e cd’s. Por sua vez, o Benjamim apresentará o livro Viver de música- Diálogos com artistas brasileiros, um depoimento de onze artistas brasileiros sobre os ossos do ofício.