Minha casinha, meu lar

A nossa Rosália, uma mulher sem casa, escreveu paradoxalmente aquelas palavras de “minha casinha, meu lar”. Um verso bem saudoso, não acham? O termo lar ainda que possa ser considerado um sinónimo de casa, apresenta uma conotação afetiva e pessoal: é a casa vista como o lugar próprio de um indivíduo, onde este tem a sua privacidade e onde a parte mais significativa da sua vida pessoal se desenrola. Apesar da modernidade ter afastado sobremaneira o indivíduo da sua casa, o lar sempre foi considerado uma referência de identidade para o sujeito. Gostamos de fazer parte de um lugar, de pertencer, de ter um refúgio. Quem não teve saudades da sua casa? estar o dia todo com os pés molhados e com desejo de voltar ao lar é, com certeza, um sentimento comum entre nós.
No Lusopatia somos hospitaleiros. Passem em casa, tirem o casaco, enxuguem as meias e sintam-se à vontade. Estávamos à espera da sua visita!

Vejam as partes da casa em português brasileiro neste vídeo.

Vamos dar agora duas dicas para aprender no lar, doce lar:
-Muitos jogos, passatempos e multimédia no SmartKids. Uma fonte de ferramentas de aprendizagem sempre gira.
-Para consolidarem o aprendido e apurarem a fonética, abram as orelhas com este recurso. Podem ouvir palavras em português e em crioulo de Cabo Verde!