Capicua no Barbeira Season Fest

Não é segredo nenhum que sou fã da Capicua. Espalho esta informação sempre que puder e por tudo quanto é lugar.

Rapper, mãe, feminista, ambientalista e uma das ganhadoras do Aritmar, a Capicua vem agora de editar em agosto um livro com uma seleção de textos que ainda faz com que goste mais dela. Nas palavras da artista “Aquário é uma moldura, um recorte ou, se quisermos, uma janela para os mares interiores de Capicua“. Há uns dias mandei vir pela Wook, evidentemente. Não vejo a hora de ter o Aquário nas mãos.

Eu gosto muito de todo o universo referencial da Capicua: o mar e a essência da mulher nortenha. Isto pode ser adivinhado em Sereia Louca e é assente e ampliado em Madrepérola. Não digo isto por dar graxa, mas foi graças a ela que (re)descobri Eva Rapdiva, Florbela Espanca, Sophia de Mello Breyner, Mísia, Karol Conka, Blaya, Aline Frazão, Lena d’Água ou Jojô. Não é só que agora eu conheça mais mulheres que fazem coisas, é que agora conheço também melhor essas mulheres.

No dia 3 estará no Barbeira Season Fest, em Baiona. Oxalá depois deste convite venham muitos mais e possamos vê-la mais frequentemente a pisar os nossos palcos. A música lusófona é variada e temos que na Galiza também saber disso com exemplos como este.

Façam barulho aí!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s