A condição II: se, caso, no caso de

1280px-Pieter_Bruegel_the_Elder_-_The_Tower_of_Babel_(Vienna)_-_Google_Art_Project_-_editedSempre adorei as teorias ou mitos que explicam a origem ou o desaparecimento de uma língua. Uma das teorias mais bizarras para explicar a existência de muitas línguas no mundo é a da Torre de Babel.

A lenda retrata a existência de várias línguas como um castigo bíblico e, infelizmente, ainda há quem tenha esta opinião hoje. Pelo contrário, eu gosto mais da ideia de um mundo diverso e policromático. Aliás, aprender línguas é o meu centro de lazer, se apenas existisse uma língua teria que…sei lá…fazer desporto? naaa…

Os indicativos da Torre de Babel começam na bíblia, especialmente no Antigo Testamento, livro do Génese. De acordo com este, a torre teria sido construída pelos descendentes de Noé na época em que o mundo inteiro falava apenas uma língua. Supostamente, a localização da Torre de Babel seria entre os rios Tigre e Eufrates, na Mesopotâmia. A soberba dos homens em se empenharem na empreitada de alcançar o mundo dos deuses teria causado a fúria de Deus, que, em forma de castigo, teria causado uma grande ventania para derrubar a torre e espalhado as pessoas sobre a Terra com idiomas diferentes, para confundi-las. Por esse motivo, o mito é entendido hoje como uma tentativa dos antepassados de explicar a existência de tantas línguas no mundo.

Aceitemos a mitologia como isso, mitologia. Se a torre de Babel não fosse construída, falaríamos hoje apenas uma língua? É uma hipótese pouco provável.

Continuamos a estudar a condição. Desta feita, vamos ver as hipóteses mais improváveis.
Podemos exprimir condição improvável com estas estruturas:
SE+ imperfeito do Conjuntivo+ Condicional/Imperfeito do Indicativo:
Se aprovasse português, iria/ia a Lisboa de férias
Se fosse milionária, daria/dava a volta ao mundo
Se esta rua fosse minha, eu mandava ladrilhar com pedrinhas de rubi só para o meu amor passar

CASO+ Imperfeito do Conjuntivo+ Condicional/Imperfeito do Indicativo
Caso viesses, faria/fazia o jantar
Caso conseguisses esse emprego, faríamos/fazíamos uma festa

NO CASO DE+Infinitivo pessoal composto+Condicional composto
No caso de teres podido sair, teríamos ido ao cinema

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s