Escrever: De, Desde

imagesDesde o início da nossa história temos a teima de querer deixar claro quando é que as coisas começam. Gostamos de medir o tempo. Sentimos a ilusão de poder dominá-lo.

Lembro-me da primeira vez que li O Papalagui. Ao ouvir o barulho da máquina do tempo, queixa-se o Papalagui assim: “que pesado fardo! mais uma hora que se passou!”. A nossa relação com o tempo foi muito bem descrita no livro.

Para enganar e poder controlar a ilusão do tempo, inventámos o calendário. O calendário é um sistema para contagem e agrupamento de dias que visa atender, principalmente, às necessidades civis e religiosas de uma cultura. A palavra deriva do latim calendarium ou livro de registo, que por sua vez derivou de calendae, que indicava o primeiro dia de um mês romano.

Com isto do calendário não havia unanimidade, por exemplo, cada cidade grega tinha um calendário diferente e aliás sem calendas. Coisas esquisitas.

Vamos ver agora como podemos delimitar tempo e espaço na nossa expressão quotidiana.

  • Para poder dar uma referência no tempo, usamos a preposição DESDE: Desde o descobrimento da penicilina, a qualidade de vida melhorou; A empresa funciona desde 1923.
  • Para dar uma referência no espaço, usamos DE: Da minha janela, posso ver o mar; A notícia da manifestação foi seguida ao vivo do Porto; Escrevo-te este e-mail do Brasil. Evitaremos: Desde a minha janela; …foi seguida desde o Porto; desde o Brasil.

One thought on “Escrever: De, Desde

  1. Pingback: Escrever: De, Desde

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s