Falso amigo: pila

Ir a uma loja e pedir “*pilas”, puxa!
Os falsos amigos mais engraçados são todos aqueles que têm a ver com a escatologia ou com o sexo porque criam as situações mais bizarras.
Vou usar esta imagem do Shin Chan, se me permitirem, para ilustrar este falso amigo de hoje. Assim conjugo duas coisas: a minha paixão pelas línguas e a minha paixão pelo animé.

Para quem não souber, Shin-chan é uma série de animé e manga escrita por Yoshito Usui. A série era passada não há muito tempo na TVG, dentro do programa Xabarín Club na Galiza; e no Brasil, foi inicialmente exibido pela extinta Fox Kids, numa versão com alguns cortes, censuras e adaptações.

O Shinnosuke foi um “mau exemplo” para as crianças de muitos países, segundo a opinião pública. Gostava de mulheres mais velhas, incomodava e foi capaz de inventar uma dança com as calças nos tornozelos. A “Dança do cu ao ar”, na Galiza; a “Dança da Bundinha Peladinha”, no Brasil e “Dança do Rabo”, em Portugal, era um ato de exibicionismo. E aí é onde entra o nosso falso amigo de hoje: na dança o Shin Chan mostrava a bunda e, por vezes, a “pila” (isto é, o pénis)

Se a lanterna não funcionar, melhor comprem pilhas ou façam pilhas de fabrico próprio. Decrescimento, vejam!

Anúncios

3 thoughts on “Falso amigo: pila

  1. Pingback: Lusopatia - Falso amigo: pila

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s